Espiões
2016

2019

Projecto Espiões aborda a relação entre as artes performativas e a construção e transmissão da memória cultural, desde um universo pessoal. A partir das memórias individuais e colectivas de alguns dos artistas da sua vida — os coreógrafos-intérpretes Francisco Camacho, Miguel Pereira e Sílvia Real — Filipa Francisco identifica um património ímpar na memória destes coreógrafos e desenha um gesto criativo e afirmativo face à escassez de arquivos e documentação sobre a dança no panorama nacional português.

Na sequência de projetos anteriores como Íman, construído a partir das memórias individuais de intérpretes de dança africana e hip hop, ou A Viagem, que explora a dança tradicional como uma forma de ligação ao corpo, Projecto Espiões propõe valorizar uma herança incorporada através de um confronto entre repertórios e imaginários pessoais e novos gestos coreográficos.

Num jogo de ecos intrínseco, o espetáculo pode fazer-se acompanhar de um ciclo “O meu museu da dança”, composto por módulos formativos que se podem realizar autonomamente ou em acumulação, de acordo com os objectivos estratégicos do parceiro ou teatro de acolhimento. Tirando partido da ampla experiência pedagógica de todos os coreógrafos que integram a equipa, a oferta formativa poderá incluir laboratórios para jovens estudantes de dança ou coreógrafos, com Francisco Camacho ou Miguel Pereira, oficinas de dança intergeracionais, com Filipa Francisco e oficinas de dança para jovens, com Sílvia Real. Reforçamos assim uma relação particular com os públicos e com o tecido artístico dos locais de apresentação, aprofundando o tópico da valorização e transformação do património da dança.

Digressões

Espectáculos integrados no projecto.

Imprensa ↓

17 SETEMBRO 2016
FESTIVAL MATERIAIS DIVERSOS, Torres Novas


30 de SETEMBRO e 1 e 2 de OUTUBRO 2016
TEATRO MUNICIPAL MARIA MATOS, Lisboa

5 e 6 MAIO 2019
FESTIVAL DDD, TEATRO MUNICIPAL DO PORTO

Galeria

Álbuns e fotografias do projecto.

Equipa ↓
ESPIÕES
ESPIÕES
ESPIÕES

Fechar ×

«
»

Ficha
Técnica

Direcção artística e criação Filipa Francisco

Co-criação e interpretação  Francisco Camacho, Miguel Pereira, Sílvia Real

Composição sonora  António Pedro, a partir de excertos de composições de Johann Sebastian Bach, John Cage, Nick Cave, Frédéric Chopin, Bernard Herrmann, Alberto Iglesias, Claudio Monteverdi, Sérgio Pelágio, Igor Stravinsky, Piotr Ilitch Tchaikovsky, Carlos Zíngaro e e do filme ‘A Woman Under the Influence’ de John Cassavetes

Assistência de Direcção artística David Marques

Documentação e Acompanhamento crítico Cláudia Galhós

Direcção Técnica e Desenho de luz  Carlos Ramos

Figurinos  Carlota Lagido

Cenografia  Matthieu Réau

Fotografia  Bruno Simão

Registo Vídeo Bruno Canas Gravação e misturas Moz Carrapa

Produção e difusão Materiais Diversos

Co-produção  Materiais Diversos, Maria Matos Teatro Municipal, Teatro Municipal do Porto Rivoli – Campo Alegre e rede Open Latitudes (Latitudes Contemporaines, Vooruit, L’Arsenic, Body/Mind, Teatro delle Moire, Sin Arts Culture, Le Phénix, MIR Festival, Materiais Diversos financiado pelo programa Cultura da União Europeia)

Apoios DuplaCena, Companhia Caótica, EIRA, Fundação GDA , Polo Cultural das Gaivotas | Boavista – Câmara Municipal de Lisboa

Agradecimentos  Mark Deputter, Elisabete Paiva, Vera Mantero, Andrea de Paula

A equipa agradece a todos aqueles que contribuíram para a pesquisa, tornando possível a reunião e utilização de inúmeros documentos, alguns dos quais raros:

Fundação Caixa Geral de Depósitos - Culturgest, Fundação Calouste Gulbenkian, CCB – Fundação Centro Cultural de Belém, ESD - Escola Superior de Dança, Instituto Politécnico de Lisboa , Forum Dança, Faculdade de Motricidade Humana da Universidade de Lisboa, Daniel Tércio, Sophie Coquelin, Vasco Wellenkamp, Margarida Bettencourt, Olga Roriz e Joana Providência (cedência de material vídeo), Sérgio Pelágio, Carlos Zíngaro (cedência de material sonoro), Mariana Viterbo Brandão (seminário O mapa faz o Caminho).

ESPIÕES

© Associação Cultural
Mundo em Reboliço 2022.
Todos os direitos reservados.

A Mundo em Reboliço é uma estrutura financiada por:

A Mundo em Reboliço é membro:

UNIDXS PELO PRESENTE E FUTURO DA CULTURA EM PORTUGAL

mundoemrebolico.pt desenvolvido por Bondhabits. Agência de marketing digital e desenvolvimento de websites e desenvolvimento de apps mobile